TIC

Nos últimos anos, o avanço da área de Tecnologia da Informação, o lançamento de novos produtos, softwares e a evolução das telecomunicações impactou diretamente no dia-a-dia das pessoas.

Talvez o setor de atividade econômica que mais se destaque junto ao público consumidor como promotor de inovações seja o de Tecnologia da Informação e de Comunicações.  As inovações do setor chegam para os consumidores na forma de novos aparelhos e aplicativos que facilitam a vida das pessoas no trabalho, na gestão das finanças pessoais, nas novas formas de comunicação através das redes sociais, nos softwares de localização espacial (os aplicativos para GPS), nas compras pela internet, nos novos formatos de distribuição de  consumo de vídeos e músicas, enfim, estes são apenas alguns dos exemplos das inovações na área de TIC que são mais visíveis para as pessoas. Além destes exemplos existe uma infinidade de novos desenvolvimentos menos visíveis do grande público e que dão suporte às atividades que executamos diariamente.

As atividades de desenvolvimento e inovação na área de TIC também contribuem para o ganho de competitividade entre as empresas. Com estas inovações, elas oferecem mais e melhores serviços para uma quantidade maior de pessoas localizadas em uma área geográfica muito maior.

A inovação na tecnologia da informação e da comunicação é, portanto, fundamental para todas as empresas em todos os setores. Deve-se encarar de forma estratégica a gestão da inovação em TIC e a Lei do Bem e a Lei da Informática são ferramentas importantes para auxiliar o fomento a inovação dentro das empresas.

Financiamento para o setor

Com a importância adquirida pela tecnologia da informação e da comunicação para a competitividade das empresas e até dos países, notamos uma crescente oferta de funding para estimular o surgimento de empresas com propostas inovadoras. Além das formas tradicionais de financiamento, o próprio desenvolvimento da tecnologia tem permitido o surgimento de novas formas de arrecadação de recursos, como o crowding funding.

 

Dica do especialista GAC Brasil

« Como setor em constante transformação ele exige estratégias de inovação adequadas. Uma boa gestão da inovação para este setor deve incluir formas adequadas de fomento para cada etapa da empresa, que vão desde o capital anjo e o venture capital, passando pelas formas mais tradicionais de obtenção de recursos não reembolsáveis através de editais nacionais e internacionais de fomento, recursos reembolsáveis no sistema bancário e chegando até a eventual abertura de capital. »

 

Contate nossa equipe